sustentabilidade

Reciclagem de Materiais

Os metais são materiais de elevada durabilidade, resistência mecânica e facilidade de conformação, sendo muito utilizado em equipamentos, estruturas e embalagens em geral. É classificado em dois grandes grupos:

- Ferrosos: basicamente composto pelo ferro e pelo aço e;

- Não Ferrosos: alumínio, cobre e suas ligas (latão e bronze), o chumbo, o níquel e o zinco. Este dois últimos junto om o cromo e o estanho são mais empregados na forma de ligas com outros metais ou como revestimento depositado sobre metais como, por exemplo, o aço.

A grande importância e vantagem na reciclagem de metais é evitar as despesas e a degradação do meio ambiente transformando o minério de ferro em metal, essa fase envolve alto consumo de energia e requer um grande número de transporte de minério e instalações caras, destinada à produção em larga escala.

Embora haja mais interesse na reciclagem de metais não ferroso devido ao seu maior valor é muito grande a procura das siderurgias e fundições pela sucata de ferro e aço.

A sucata é matéria prima das empresas produtoras de aço que não contam com o processo de redução e que são responsáveis por cerca de 20% da produção nacional de aço. A sucata representa cerca de 40% do total de aço consumido no país, valores próximos ao de mtos outros países como EUA onde atingem 50% do total da produção.

Devemos ressaltar que a sucata pode ser reciclada mesmo quando enferrujada. Sua reciclagem também é facilitada pela sua simples identificação e separação, principalmente a sucata ferrosa, que pode ser facilmente separada por um eletroímã devido as suas propriedades eletromagnéticas. Através deste processo é possível retirar até 90 % do metal ferroso existente no lixo.